• Mapa de navegação

O Estado do Rio Grande do Sul sinaliza positivamente para uma retomada da economia. Apenas em outubro, foram arrecadados R$ 3,52 bilhões no somatório de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e ITCD (Imposto sobre Transmissão “Causa Mortis” e Doação de Quaisquer Bens e Direitos).

Ao todo, esse valor é 12,9% maior do que o mesmo período do ano anterior. Ou seja, cerca de R$ 400 milhões a mais do que em 2019. Entretanto, ao considerar todo o ano de 2020, ainda há uma queda de – 2,3%, representando cerca de R$ 790 milhões a menos do que no ano anterior.

O movimento de retomada da economia gaúcha pode ser visto ao analisar a arrecadação do primeiro trimestre do ano e compará-la com a dos meses subsequentes. Os três primeiros meses terminaram com 3,6% de crescimento real e, nos quatro meses seguintes, foram apuradas quedas de 14,3% em abril, 26,2% em maio, 12,4% em junho e 5,5% em julho. A partir de agosto, a arrecadação voltou a ser positiva, alcançando o pico de 12,9% em outubro após uma alta de 10,6% em setembro.

Para esclarecer eventuais dúvidas sobre esse acontecimento, entre em contato conosco. Estamos à sua disposição.

.

Fonte de referência: Sefaz RS