A Receita Federal pode estar sob risco de desligamento dos seus sistemas de informação a partir do dia 25 de agosto. O motivo seriam os cortes orçamentários que o órgão sofreu desde o começo deste ano.

Caso isso venha a ocorrer, seriam prejudicados os processos: de arrecadação de tributos; de emissões de certidões negativas; de controle aduaneiro e de operações de comércio exterior; de cobrança às dívidas fiscais; e até mesmo de disponibilização de recursos aos Estados e Municípios por meio dos Fundos de Participação. 

Os sistemas de Restituição de Imposto de Renda e Emissão de CPF também estão entre os ameaçados. 

Em 2019, a Receita sofreu contingência de 30% do seu orçamento, que é aproximadamente de R$ 3 bilhões. Para permanecer em pleno funcionamento até o fim do ano, o Fisco precisa de ao menos R$ 300 milhões. 

O impacto no âmbito fiscal pode ser bastante intenso, mas ainda não há mensurações absolutas
Essas informações sobre a situação em que se encontra o órgão foram divulgadas a partir de fontes do Estadão. A Receita, no entanto, ainda não se pronunciou sobre o caso.

.

Gostou dessa notícia? Aproveite para ler nossas outras matérias sobre o que acontece no mundo tributário!