Voltar

2 MITOS SOBRE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO QUE IMPEDEM AS EMPRESAS DE CRESCER

Janeiro.2019   |   6min

2 MITOS SOBRE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO QUE IMPEDEM AS EMPRESAS DE CRESCER

Muito se fala sobre a prática do planejamento tributário nas empresas. Contudo, o tema ainda é cercado por diversos mitos que acabam tornando os empreendedores receosos na hora de decidir por investir ou não na implementação desta atividade em seus negócios.

Estes mitos, porém, que se criam ao redor de uma medida estratégica tão benéfica às empresas, faz com que diversas delas não tenham acesso à informações cruciais sobre sua área tributária. Isso, por sua vez, as impede de conquistar melhorias vitais ao negócio.

Para fazer com que mais empresas busquem aplicar um planejamento tributário, nos dispomos a desmistificar dois dos principais pensamentos equivocados a respeito deste tema:

1. Apenas as grandes empresas precisam de planejamento tributário.

Esse pensamento, além de estar baseado em um mito totalmente sem fundamento, ainda pode privar várias empresas de melhorias em sua área tributária. Geralmente, aqueles que desacreditam a necessidade do planejamento tributário para micro, pequenas e médias empresas, desconhecem os inúmeros benefícios que ele pode proporcionar.

Para identificar, por exemplo, impostos que estão sendo pagos desnecessariamente, ou que deveriam ser recolhidos, mas não têm sido, é preciso executar um processo de planejamento na área tributária da empresa - independentemente do seu porte ou segmento.

Em resumo, todas as empresas precisam investir em medidas que lhe tragam benefícios financeiros - imediatos ou a longo prazo. O planejamento tributário, ao contrário do que pode parecer, é uma necessidade para qualquer negócio, não um luxo.

2. Planejamento tributário é nada além de sonegação.

Sonegação de impostos é crime. Planejamento tributário, por sua vez, é uma medida, prevista em lei, que permite às empresas reduzir sua carga tributária. É uma opção legítima e em conformidade com a legislação vigente.

Através do planejamento tributário, por exemplo, a empresa pode escolher qual o melhor regime tributário para enquadrar suas atividades, com a menor incidência de juros. A sonegação fiscal, no entanto, baseia-se em atitudes de má fé, onde, através de fraudes, omite-se impostos devidos.

Outra diferença extremamente importante de ser ressaltada, é que o planejamento tributário resulta em inúmeros benefícios - como a maximização dos lucros -, enquanto a sonegação fiscal apenas coloca o negócio em risco.

 

Deseja esclarecer outras dúvidas sobre planejamento tributário e saber como ele pode ajudar você e sua empresa?

Entre em contato conosco! Possuímos um time de consultores especializados à sua disposição!

 

Descubra mais

Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY