Voltar

Entrevista com sócio do Cesco, Santana e Haddad Advogados

Outubro.2018   |   4min

Entrevista com sócio do Cesco, Santana e Haddad Advogados

Carlos Henrique Santana, do Escritório Cesco, Santana e Haddad Advogados, de Campo Grande - MS, é sócio recente do Tax Group. Em junho de 2018, ele passou por um período de treinamento presencial em Porto Alegre, para conhecer as instalações, familiarizar-se com a equipe e para conhecer a fundo todos os processos executados pela rede.

Em entrevista ao blog Tax Group, o advogado contou um pouco sobre sua trajetória profissional, sobre o perfil do escritório e sobre as perspectivas de crescimento com esta nova parceria. Veja abaixo:

Graduado em Direito pela UNIDERP, Carlos Henrique Santana atua com advocacia empresarial há 12 anos e tem vasta qualificação. Possui Master of Laws (LLM) em Direito Empresarial junto à Fundação Getúlio Vargas, é Especialista em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários e possui pós-graduação em Direito Tributário, Direito Civil e Processual Civil, e MBA em Contabilidade e Direito Tributário.

Santana e os colegas Renan Cesco de Campos e Gabriel Paes de Almeida Haddad já trabalhavam juntos quando, em 2014, decidiram montar um escritório. “Fundamos o Cesco, Santana e Haddad Advogados com base na visão de negócio que nós tínhamos em comum: um pouco mais proativa, mais próxima do cliente, um escritório mais inovador com relação às demandas dos nossos clientes”, explica o advogado.

Atualmente a equipe atua principalmente com demandas cíveis, contratuais, societárias, tributárias e relacionadas ao Direito do Trabalho. Cerca de 70% da carteira de clientes é composta por pessoas jurídicas, que incluem empresas de agronegócio, setor de distribuição, indústrias e construtoras. “Estamos expandindo agora para São Paulo com outros três sócios. Sócios já com experiência interessante, um com experiência internacional, outro com experiência em diretoria jurídica de uma multinacional, e outro sócio com uma especialização bastante interessante na área de wealth manager”, afirma. Além da expansão para São Paulo, Santana lembra que, devido à abrangência nacional de alguns clientes, o escritório precisa ter uma capilaridade grande, para atender demandas em vários estados do Brasil. “Isso acaba exigindo do escritório como um todo um conhecimento e também uma visão de negócio bastante ampliada”, reflete.

Devido ao seu forte trabalho no ramo empresarial, o escritório sempre identificou muita sinergia com os projetos realizados pelo Tax Group. Carlos conta que já conhecia Luis Wulff, CEO do Tax Group, e que, após um reencontro, iniciou as tratativas para formalizar a parceria, principalmente pelo trabalho da rede com a Gestão de Patrimônio Empresarial. “Algumas coisas chamam bastante atenção no Tax Group. Uma é o comprometimento que a empresa tem com o resultado dos clientes. Ela trata de uma forma um pouco diferente o resultado que apresenta.  Não é uma venda ostensiva, simplesmente buscando um resultado tributário, de crédito tributário, para fazer a compensação a qualquer modo. Ela tem uma visão muito mais abrangente, muito mais atenciosa ao que está entregando para o cliente. Também o escopo de serviço é mais interessante. É um escopo muito mais sofisticado e especializado. Para um escritório de advocacia, faz muito sentido”, completa.

“Algumas coisas chamam bastante atenção no Tax Group. Uma é o comprometimento que a empresa tem com o resultado dos clientes. Ela trata de uma forma um pouco diferente o resultado que apresenta.  Não é uma venda ostensiva, simplesmente buscando um resultado tributário, de crédito tributário, para fazer a compensação a qualquer modo. Ela tem uma visão muito mais abrangente, muito mais atenciosa ao que está entregando para o cliente. Também o escopo de serviço é mais interessante. É um escopo muito mais sofisticado e especializado. Para um escritório de advocacia, faz muito sentido"

Entre os produtos do portfólio Tax Group que chamam a atenção do novo sócio, Santana cita o Ranking de Oportunidades Tributárias. “É uma forma de você fazer um diagnóstico do seu cliente, apresentar uma série de oportunidades que ele tem, mas às vezes desconhece, ou que às vezes ele até sabe que pode trabalhar, mas que não sabe o melhor caminho para fazer”, reflete. Para Santana, fazer o diagnóstico e apresentar uma série de soluções completas para o cliente ajuda na construção de uma relação de confiança e a ampliar os horizontes dessa empresa.

Segundo o advogado, a perspectiva com a nova parceria é expandir a atuação do escritório. “Com o Tax Group, você cria uma forma de entrada, uma apresentação um pouco diferenciada. Isso acaba te colocando talvez em vantagem em relação aos concorrentes”, pondera.

Sobre o treinamento presencial, Carlos avalia que é muito importante, pois agrega pessoalidade. “Vindo aqui, conhecendo a equipe, conhecendo a estrutura física do Tax Group, tudo isso nos aproxima muito mais. Dá muito mais confiança para nós levarmos o que a Tax Group é para os nossos clientes”. A intenção é, após o treinamento, criar um planejamento estratégico para atuação específica com produtos Tax Group, mas, antes mesmo de formalizar a parceria, os sócios já estão estudando oportunidades para oferecer os produtos da rede à carteira de clientes.

 

Descubra mais

Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY