O sucesso profissional de qualquer escritório depende, entre outras coisas, da prospecção de clientes — o que, por si só, não é tarefa fácil. Mas, para quem atua no meio contábil e jurídico, formar parcerias pode ser uma estratégia fundamental para expandir os negócios e conquistar novos clientes. 

Aliando-se a redes de consultoria ou mesmo a outros escritórios individuais, advogados e contadores podem ampliar o portfólio de serviços e também a rede de contatos, ganhando, assim, mais força e influência no mercado. Isso, consequentemente, resultará em mais oportunidades de trabalho, fazendo com que a conquista de novos projetos aconteça de forma cada vez mais natural.

Por que formar parcerias?

Para os profissionais do direito e da contabilidade, formar parcerias pode ser uma forma de respaldar o trabalho de seus escritórios. Ligados a uma empresa ou rede de grande relevância, por exemplo, eles poderão usufruir de todas as boas características dessa companhia, tornando-se sinônimo de tudo aquilo que ela representa no mercado. Desse modo, a aliança funciona quase como um selo de qualidade para estes profissionais.

Quais os tipos de parceria possíveis?

Há diferentes formatos de parceria. Você pode incorporar um profissional dentro da sua estrutura, incluindo seus serviços em suas propostas; pode, ainda, criar uma rede colaborativa com outras empresas; ou mesmo atuar com indicações, ganhando comissões sobre elas. O leque de possibilidades é bastante amplo. Mas qualquer que seja a relação estabelecida, é importante garantir que ela oferecerá benefícios múltiplos a ambas as partes.

Também vale salientar que, acima de tudo, importa firmar uma rede de parceiros complementares ao seu serviço. Um escritório de advocacia, por exemplo, pode se aliar a um escritório de contabilidade tributária. Cabe ressaltar, porém, que isso não significa uma proibição às alianças com profissionais cujo escopo de trabalho é similar ao seu. Trata-se, na verdade, de uma sugestão para evitar qualquer tipo de concorrência dentro da associação criada.

Parcerias dão certo?

Sim, parcerias podem dar muito certo e conceder bastantes vantagens às partes envolvidas. Mas para que isso aconteça é preciso que haja transparência e confiança. Mesmo que seja um acordo informal, estabeleça alguns termos de como você gostaria de conduzir aquela colaboração. Além disso, confiar no parceiro é mais do que fundamental para o andamento do trabalho. Indicar para um cliente uma assistência que não está à altura daquela que você entrega poderá manchar a reputação do seu escritório.

Dicas para formar parcerias

1. Ative sua rede de contatos

Um bom começo é mapear, na sua rede de contatos pessoais — colegas da faculdade, do curso de pós-graduação, etc. — quem são os profissionais com potencial para uma parceria. 

Faça ligações, marque um café, converse com eles, conte sobre a atuação do seu escritório e compartilhe seus planos. Pode ser que haja uma sintonia entre as ideias e isso resulte em uma ótima parceria que irá alavancar os negócios para ambos os envolvidos.

2. Participe de grupos e associações

Participar de grupos e associações jurídicas também é uma ótima maneira de conhecer novos profissionais da sua área e fazer networking. Por isso, procure por sociedades assim em sua cidade, em seu estado. 

Essas organizações costumam realizar diversos eventos — como capacitações e congressos, por exemplo —, os quais são totalmente focados em proporcionar conversas profissionais de grande qualidade. Participar deles, então, pode ser muito útil para quem deseja desenvolver uma parceria.

3. Esteja presente em eventos

Para ampliar a sua rede de contatos, estar presente em eventos que sejam importantes à sua área profissional é uma alternativa bastante interessante. Vale ir a feiras, congressos, simpósios, workshops, palestras… Aproveite para conversar com os outros participantes e entrar em contato com os palestrantes. Busque explorar ao máximo o potencial desses encontros.

Seja parceiro do Tax Group

O Tax Group é uma rede de serviços tributários que atua a partir da expertise de seus sócios, profissionais da área contábil e jurídica. Por meio da associação conosco, eles são capazes de ampliar seu portfólio de serviços, agregando tecnologia e inovação aos seus escritórios, e, assim, conquistar novos clientes e projetos. 

Quer conhecer o nosso modelo de negócio? Venha conversar com um de nossos consultores e saber mais sobre como ela pode lhe ajudar a conquistar novos clientes. Estamos à sua disposição!