Todas as empresas precisam de um contador. Essa não é apenas uma mera afirmação, mas sim uma definição legal. Segundo o artigo nº 1.179 do Código Civil, a contabilidade dos negócios brasileiros deve ser realizada por profissionais devidamente habilitados, ou seja, por contadores. Mas, junto a esse dever vem um grande desafio: “como escolher um contador?”

De acordo com o Conselho Federal de Contabilidade, existem 353.829 milhões de contadores ativos no Brasil hoje. Diante de um número tão expressivo, é mais que natural que existam dúvidas na hora de encontrar o profissional adequado para cuidar da escrituração contábil de uma empresa. Contudo, apesar de ser um processo naturalmente complexo, existem algumas maneiras simples de se preparar para encontrar o contador certo. 

Conhecer quais características buscar em um profissional da área contábil, por exemplo, pode ser uma boa forma de começar a sua busca. 

Quais os critérios para escolher um contador?

Existem diversos critérios que podem ser aplicados na hora de escolher um contador para sua empresa. Neste texto, iremos falar sobre os que consideramos ser mais importantes. São cinco pontos de avaliação que te ajudarão a perceber com maior clareza qual profissional está mais preparado para cuidar da área fiscal do seu negócio: 

1. Experiência

Experiência é uma característica fundamental ao se considerar o trabalho de qualquer profissional. E na hora de escolher um contador isso não é diferente. 

Se a sua empresa é do segmento de supermercados, por exemplo, é muito seguro confiar em um contador que já tenha experiência neste setor. Um profissional familiarizado com as particularidades e as rotinas de uma área realizará um trabalho muito mais assertivo. 

Isso significa que seu negócio estará muito mais protegido contra quaisquer possíveis riscos. 

2. Ética

Outro fator muito importante de se avaliar em um profissional é a sua idoneidade. 

Como o relacionamento que você desenvolverá com seu contador tende a ser bastante duradouro, é essencial que ele seja uma pessoa confiável, íntegra e correta. E uma boa forma de descobrir se um contador possui todas essas qualidades é realizar uma pesquisa sobre ele na internet. 

Nos dias de tecnologia em que vivemos, é comum que os profissionais recebam avaliações por seu trabalho em publicações online. Pesquisar quais os feedbacks existem sobre o trabalho de um contador é muito importante, pois, dessa maneira, você poderá saber se ele realmente será o mais adequado para cuidar do seu negócio. 

3. Multidisciplinaridade

Os conhecimentos e especializações de um profissional são tão importantes quanto a sua experiência. Um contador multidisciplinar e dinâmico estará muito melhor preparado para assistir a sua empresa do que um que tenha conhecimentos em apenas uma área. 

Flexibilidade é um diferencial bastante significativo e deve ser avaliado atentamente na hora de se escolher um contador. Afinal, essa característica pode significar um suporte muito mais completo e qualificado ao seu empreendimento. 

4. Saber tecnológico

Além de avaliar se um contador é multidisciplinar e dinâmico, deve-se analisar também qual o nível de afinidade que ele possui com a tecnologia. 

“Ele utiliza softwares de gestão para otimizar o trabalho?”,Ele está atualizado sobre as ferramentas digitais que podem facilitar a escrituração contábil da sua empresa?” — as respostas dessas perguntas podem mudar os rumos da sua decisão. 

Hoje em dia, existem várias soluções tecnológicas disponíveis à área contábil. É dever de um bom contador estar ciente de como elas podem beneficiar o desenvolvimento do seu negócio.

5. Serviços oferecidos

É extremamente importante saber quais os tipos de serviços prestados por um profissional antes de contratá-lo. Dessa maneira será possível alinhar corretamente as suas expectativas ao que realmente será oferecido por ele. 

Digamos que você busque, além da contabilidade tradicional, um serviço de consultoria que lhe apontar possibilidades de melhorias em sua área fiscal, mas o contador que você contratou não está habilitado a lhe prestar tal assistência. Esse, certamente, é um problema pode ser evitado a partir de uma conversa franca sobre o tipo de auxílio que você deseja.

.

E então, gostou dessas dicas? Venha se inspirar ainda mais! Desbrave o nosso blog e confira outros textos como esse!